O Conceito

Inspirando-se no prêmio Piolets d’Or, a Confederação Brasileira de Montanhismo e Escalada (CBME)  lançou o prêmio Mosquetão de Ouro em 2015. Essa premiação visa a celebrar a paixão, o espírito, os valores e os feitos do montanhismo brasileiro.

O prêmio objetiva incentivar o estilo ético de ascensões e conquistas de montanhas, da abertura de trilhas e de vias de escalada, e das ações desenvolvidas em favor do esporte e das montanhas. Inovação, experiência, respeito, compromisso, autonomia, e feitos atléticos são as bases do Mosquetão de Ouro.

Serão premiados atletas e personalidades em diversas áreas de atuação do montanhismo, que estão empenhados em engrandecer o esporte, explorando os limites do possível em suas respectivas áreas de atuação e ajudando perpetuar a conexão do homem com a natureza, alimentando a chama do engajamento por uma vida livre e ao ar livre.

O Mosquetão de Ouro é tanto uma celebração de experiências extraordinárias, como uma reflexão sobre os valores e cultura do montanhismo, feitos realizados em prol da comunidade montanhista e das montanhas.

A Premiação ocorre tradicionalmente durante o Rio nas Montanhas, que ocorre na Praça General Tibúrcio anualmente no último fim de semana de abril ou primeira semana de maio.

Saiba mais no site da CBME.

  

Categorias

O objetivo específico do Mosquetão de Ouro é envolver a comunidade montanhista em um debate sobre as realizações do montanhismo brasileiro no último ano através de cinco categorias de premiação, seja com feitos atléticos ou para o aprimoramento da organização do montanhismo. A exceção está na categoria Vida nas Montanhas, que considera todo o conjunto da obra do montanhista, ao longo da sua vida.

As seis categorias do Premio Mosquetão de Ouro são:

Montanhismo – incluindo trilhas, travessias e alta montanha, realizado de 01 de janeiro a 31 de dezembro de 2016. Essa categoria privilegia os valores básicos do montanhismo, como a autonomia, o comprometimento e a responsabilidade e o respeito com o ambiente de montanha e a cultura local. Não serão consideradas excursões de caráter marcantemente comercial, onde são utilizados guias e pesadas estruturas de apoio para o alcance dos objetivos.

Escalada – incluindo a escalada de aventura, realizada em livre e artificial, em rocha, mista ou gelo, big wall e conquistas, realizadas de 01 de janeiro a 31 de dezembro de 2016. Essa categoria privilegia o comprometimento, a autonomia, a preparação técnica e psicológica envolvidos no jogo da escalada de parede.

Escalada Esportiva – incluindo a solução de problemas de boulder, psicoblok e encadenamento de vias esportivas, realizadas de 01 de janeiro a 31 de dezembro de 2016. Essa categoria privilegia, sobretudo a superação de problemas de alta dificuldade técnica, podendo envolver os componentes psicológicos de um highball e um psicoblok.

Montanhismo e Sociedade – Premia pessoas cujas ações ajudaram a preservar os valores do montanhismo, bem como o seu desenvolvimento e organização. Essa categoria busca privilegiar as ações de caráter nacional, regional ou estadual, pode ser conferido a pessoas, instituições, gestores de Unidades de Conservação, entre outros, desde que estejam ativos entre o período de 01 de janeiro a 31 de dezembro de 2016.

Montanhismo e ação local – premia pessoas e instituições que realizaram importantes ações, de caráter local, para o desenvolvimento do montanhismo ou para a conservação ou recuperação de áreas de montanhas, entre outros, desde que estejam ativos entre o período de 01 de janeiro a 31 de dezembro de 2016.

Vida na Montanha – Premia montanhistas, em vida, pelo conjunto da sua obra, suas realizações e dedicação ao montanhismo.

Em 2017, será premiada uma pessoa ou entidade por categoria, que receberá o troféu Mosquetão de Ouro.

Saiba mais no site da CBME.

 

Premiação especial durante a SBM

Em breve mais informações.

 

Resultado Anteriores

Vencedores de 2015

Vencedores de 2016

Vencedores de 2017

Fechar Menu